Senai Cetiqt abre o Vitória Moda com desfile transformador

E-mail Imprimir

Doze alunos do Senai Cetiqt criam coleções compostas por até três peças

 

A 10ª edição do Vitória Moda abriu as portas, ou melhor, a passarela na noite dessa terça-feira, dia  11 de julho, com o desfile da coleção dos alunos do Senai Cetiqt. Com look's ousados e inovadores, a coleção atraiu olhares e aplausos do público presente.

 

O desfile foi uma ação em rede da diretoria regional do Senai no Espírito Santo com o Senai Cetiqt – Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil, do Rio de Janeiro. Sob o tema “O poder de transformar”, 12 alunos de todo o Brasil criaram coleções compostas por três peças cada. São eles: Roberto Mendes (Senai Cetiqt), Gabriel Gil (Senai Cetiqt), Bruno Nova (RJ), Isis de Oliveira (MG), Thiago Tadeu (MG), Elda Ribeiro (GO), Jonhson Cavalcante (SP), Lucas Paiva (CE), Hiago Rocha (CE), Pétala Rodrigues (PB), Caroline Novak (PR) e Maria Fernanda D1anzicourt (PR). O objetivo foi mostrar os diversos estilos regionais do país e revelar o poder de transformação de cada criação.

 

“Os alunos tiveram todo o cuidado em mostrar a evolução dos look's conectados com a sua regionalidade. A ideia era revelar o poder de transformação de um look para outro, mas sem perder o contexto, a integração do conjunto”, disse o assessor do Senai Cetiqt, Marcelo Ramos.

 

 

 

Look criado pelo aluno Gabriel Gil do Senai Cetiqt (RJ)

 

“Os 12 alunos foram escolhidos por meio de uma seleção regional e nacional. Hoje, já podemos dizer que são profissionais da moda, do vestuário e da área têxtil. É notória a importância da educação profissional, como a do Senai, na formação das pessoas no país e no aumento da produtividade do setor”, reforça o representante do Senai Cetiqt.

 

"O Sistema Findes se orgulha de apoiar o Vitória Moda desde sua gênese, sempre contribuindo para a construção de uma indústria mais competitiva e inovadora. Nossos investimentos e entregas ao longo dos últimos seis anos serão fundamentais para o desenvolvimento do setor. A moda capixaba tem criatividade e força para conquistar cada vez mais espaço no mercado nacional e internacional", ressaltou o presidente do Sistema Findes, Marcos Guerra.

 

 


O presidente do Sistema Findes, Marcos Guerra, o presidente da Câmara Setorial da Indústria do Vestuário da Findes e coordenador do Vitória Moda, Jose Carlos Bergami, e o diretor regional do Senai-ES e superintendente do Sesi-ES, Luis Carlos Vieira

 

O diretor regional do Senai-ES e superintendente do Sesi-ES, Luis Carlos Vieira, explicou a importância do Vitória Moda no cenário da indústria do vestuário, de confecção e têxtil. “O evento completa uma década de existência e permanece mesmo após o setor passar pelas crises econômicas do país e por mudanças tecnológicas. A indústria precisa de investimento para melhorar a competitividade e o processo produtivo”, disse.

 

“O Senai do Espírito Santo tem contribuído para a evolução do setor. Na gestão do presidente Marcos Guerra foram inauguradas duas unidades do Centromoda, uma em Colatina e outra, recentemente, em Vila Velha. Precisamos formar profissionais de qualidade e desenvolver técnicas de produção que nos permitam participar do mercado. Nesse evento, o empresário é capaz de ver como os alunos do Senai trabalham e de comprovar como estamos dominando o processo produtivo”, concluiu o executivo.

 

Laboratório Criativo de Confecção

 

 

 

Alunos do Senai-ES criam look's completos ao vivo

 

Durante o evento, os visitantes podem conferir de perto a produção de look's confeccionados por oito alunos do curso técnico em Vestuário do Senai-ES. “No estande, os alunos realizam a modelagem tridimensional no manequim, fazem a costura e o acabamento à máquina, e depois o look está pronto para vestir. Serão três look's por dia cuja produção o público poderá conferir ao vivo”, explicou o instrutor Thome Andreatta.

 

Exposição de look's

 

 

 

Alguns dos look's do Senai-ES expostos no Vitória Moda

 

Utilizando o tema do Vitória Moda, “A História do Jeans”, os alunos do Senai Colatina e Vila Velha produziram 20 looks diferentes que estão expostos nos corredores do evento. As peças foram feitas com a ajuda de estilistas e técnicos do Senai. A aluna Nilcéia Nascimento, de 18 anos, confeccionou uma jaqueta de capitonê e teve a orientação da artesã Joana Bruno Pinto. “Foi um trabalho totalmente manual que demorou cerca de uma semana para ficar pronto. É uma técnica diferente, difícil, mas que me proporcionou uma nova visão de confecção e me instigou a produzir outras peças”, contou a aluna.

 

Serviços para empresas

 

O Senai-ES também está presente no Vitória Moda com os profissionais do Serviço de Tecnologia e Inovação (STI) que durante o evento prestarão consultoria e serviços para as empresas capixabas nas áreas de Eficiência Energética, Meio Ambiente e Vestuário.

 

Praça Bem Viver

 

 

 

Um dos serviços é o teste da pisada, que emite uma análise completa do tipo de pisada do indivíduo

 

Profissionais do Sesi-ES estão no evento com a “Praça Bem Viver”, oferecendo serviços de massoterapia, orientação física, orientação nutricional, aferição de pressão e índice de massa corporal e teste da pisada. “O Vitória Moda é um evento de moda, mas que abre espaço para a qualidade de vida dos visitantes, promovendo o bem-estar e momentos de relaxamento”, contou o gerente do setor de Esporte e Lazer do Sesi-ES, Alberto Mathias.

 

O Vitória Moda continua até o dia 13 de julho no Centro de Convenções de Vitória. Além dos desfiles, o evento conta com espaços dedicados a expositores, com ambientes propícios para a realização de vendas, beneficiando, assim, toda a cadeia produtiva.

 

“O evento deste ano está mais qualificado e trouxemos novidades para o visitante. Estamos com o salão 'Notícias da moda', que envolve todos aqueles que compõem a cadeia da moda, do fornecedor de estampa e bordado ao design. Também estamos com um canal de venda direta ao consumidor. As peças desfiladas estarão posteriormente nas araras para venda. São ações inovadoras que aquecem o mercado do vestuário e fazem o Vitória Moda seguir com sucesso”, afirmou o presidente da Câmara Setorial da Indústria do Vestuário da Findes e coordenador do Vitória Moda, José Carlos Bergamin.

 

 

 

Marcos Guerra junto dos alunos e estilistas do Senai Cetiqt

 

Por Natália Magalhães