10ª edição do Vitória Moda supera expectativas da indústria capixaba

E-mail Imprimir

 

Mais de 20 marcas capixabas participaram do Vitória Moda

 

Realizada pelo Sistema Findes, por meio da Câmara Setorial da Indústria do Vestuário, e pelo Sebrae/ES, a 10ª edição do Vitória Moda, ocorrida entre os dias 11 e 13 de julho no Centro de Convenções de Vitória, movimentou um público em torno de seis mil pessoas.

 

Com o tema “A história do jeans”, o maior evento do setor de moda e vestuário do Estado do Espírito Santo deve atingir R$ 21 milhões em negócios nesse ano. Mais de 20 marcas capixabas participaram do Vitória Moda, que também contou com espaços dedicados a expositores em ambientes propícios para a realização de vendas, beneficiando toda a cadeia produtiva. Um dos destaques do evento foi o desfile da coleção dos alunos do Senai Cetiqt, que abriu a passarela no dia 11.

 

 

No Espaço Business foi possível ver os look's que foram apresentados nos desfiles de algumas das marcas em exposição e também peças das coleções que foram vendidas no atacado e no varejo

 

De acordo com o presidente da Câmara, José Carlos Bergamin, as vendas desse ano devem superar as de 2016 em 10%. “Esse número pode aumentar ainda mais por conta das relações estabelecidas durante a feira. Uma das nossas ações é o programa 'Inovamoda', que tem por objetivo desenvolver o vestuário no Estado. Nós trabalhamos as empresas ao longo do ano e damos consultoria de design e de mercado de venda, preparando sua apresentação para o Vitória Moda”, conta. “Essa margem de superação também pode aumentar caso a situação econômica no país melhore. Para o ano que vem, projetamos mais setores participando da feira, e não apenas os ligados ao vestuário. Queremos dar oportunidade a outros símbolos capixabas, produtos que também são de importância econômica e que podem agregar valor ao evento, como o café, a cachaça e o chocolate, por exemplo”, completa Bergamin.

 

Inclusive o tema deste ano não foi escolhido à toa. “A indústria do jeans do Espírito Santo possui reconhecimento nacional. Não somente o jeans de design diferenciado, mas também o jeans básico. E esta indústria é a que mais contribui para a economia do Estado e, assim, a que mais emprega. Como nós temos o objetivo de desenvolver a cadeia do vestuário, lançamos o tema jeans para dar real visibilidade nacionalmente a esse importante segmento, que é o principal do ramo do vestuário aqui no Espírito Santo”, finaliza.

 

 

 

No Laboratório Criativo de Confecção, alunos do curso Técnico em Vestuário do Senai-ES criavam look's ao vivo

 

Durante o evento, os visitantes puderam conferir ao vivo a produção de look's confeccionados por oito alunos do curso Técnico em Vestuário do Senai-ES no Laboratório Criativo de Confecção. Além disso, ficaram expostos nos corredores do evento 20 look's diferentes que os alunos produziram utilizando o tecido jeans.

 

Já o Sesi-ES promoveu o bem-estar e momentos de relaxamento para os visitantes, com serviços de massoterapia, orientação física e nutricional, teste da pisada, aferição de pressão e do índice de massa corporal.

 

 

 

Por Natália Magalhães com informações da Criar Comunicação Integrada