Sete dicas para transformar seu filho em um pequeno empreendedor

E-mail Imprimir

Pequenas atitudes podem fazer uma grande diferença no futuro das crianças


Estimular a prática de esportes e atividades extracurriculares faz parte de uma formação de qualidade para crianças e adolescentes. A oferta de disciplinas que auxiliem os pequenos a se prepararem para a vida adulta e estimulem seu desenvolvimento é um dos principais fatores que influenciam a decisão dos pais na hora da matrícula.


Levando em consideração o cenário econômico brasileiro, a procura por aulas de empreendedorismo para as crianças cresce a cada dia. A necessidade de educar desde cedo para o mercado e as mudanças econômicas, além de desenvolver responsabilidade e habilidades para lidar com questões financeiras tem atraído muitos pais interessados no assunto.


Como estimular o empreendedorismo nas crianças

Confira as dicas que o Sesi-ES preparou para os pais que querem desenvolver as habilidades dos filhos para os negócios desde cedo.


1) Mostre às crianças o valor do trabalho: é importante ensinar, desde cedo, que é preciso se esforçar para alcançar os objetivos e que o sucesso é fruto de muito trabalho.

2) Estabeleça pequenas tarefas de acordo com a faixa etária do seu filho para que ele aprenda a ser responsável desde cedo. Ensine a guardar os brinquedos, arrumar a própria cama, ajudar nas tarefas domésticas. Isso também fará com que ele seja mais independente

3) Estimule a criatividade. Um ambiente onde “tudo é proibido” costuma inibir o espírito empreendedor das crianças. Alimente a criatividade da criança e, se ela traçar projetos inviáveis, explique as limitações e peça para ele criar soluções para os obstáculos.

4) - Deixe seu filho a par da situação financeira da família. Assim, ele entenderá quais são as prioridades e adquirirá consciência financeira, faça com que ele entenda quais gastos são desnecessários ou menos importantes.

 

5) - Limite o valor da mesada. Deixe que a criança decida como vai gastar o dinheiro da mesada, mas explique que ele é responsável por administrar o próprio dinheiro.

6) Promova valores éticos e ensine seu filho valores como honestidade, humildade e gratidão.

7)
esenvolva pequenos projetos em casa. Que tal começar a reciclar o lixo? Seu filho pode ficar responsável por criar um sistema de separação de recicláveis em casa, mas não se esqueça de dar o exemplo!

 

 

Empreendedorismo no Sesi-ES


O Sesi-ES tem um dos programas mais completos de empreendedorismo para crianças, e a disciplina faz parte da grade curricular desde o primeiro ano do Ensino Fundamental, com projetos diferentes para cada turma, assim, do 1º ao 9º ano, os alunos vivenciam a criação de diversos ‘negócios’ diferentes, cada um com suas particularidades.

 


“A escola é um ambiente propício para desenvolver no aluno esse espírito empreendedor. Por meio de atividades lúdicas, desenvolvidas com base em cada faixa etária e na linguagem das crianças e adolescentes, é possível ensinar os primeiros passos do empreendedorismo e desenvolver projetos excelentes”, explica o gerente de educação básica do Sesi-ES, Samuel Saibert Siman.


“Nós entendemos que a participação da família é fundamental para despertar esse perfil empreendedor, por isso, anualmente, é realizada a Feira de Negócios da Família Empreendedora, com a apresentação dos negócios criados durante o ano pelos mais de onze mil alunos Sesi”, declara Siman.

 

O Sesi está com matrículas abertas em várias unidades no ES.